Inglês: Frequently Asked Questions

Português: Perguntas mais Frequentes

 


Revolução Industrial: Causas, fases e consequências

Perguntas e respostas sobre a Revolução Industrial. Quais as suas causas, fases, as consequências e quando ele teve o seu início? Qual foi o impacto dela no Brasil?

Página Inicial / Geografia e História

O que é a Revolução Industrial?

A Revolução Industrial começou na Inglaterra, no século XVIII, e marcou a transição de um modo de produção artesanal para um processo produtivo baseado no uso de máquinas. Essa mudança alavancou uma significativa transformação econômico-social.

A produção em larga escala fez com que a produtividade aumentasse e, consequentemente, o acúmulo de capital em forma de lucro. Este período também marcou o fortalecimento de duas classes sociais, quais sejam, a burguesia e o proletariado.

Apesar da maior eficiência das máquinas, os operários eram submetidos a longas e exaustivas jornadas de trabalho, de 12 a 16 horas diárias, com força de trabalho formada por homens, mulheres e crianças.

Basicamente três invenções são consideradas o motor da revolução industrial:

  • A máquina de fiação
  • O tear mecânico
  • Motor a vapor

Evidentemente que eles não foram os únicos, mas creio que foram os principais para dar início no processo de industrialização que o mundo passou a perceber a partir de então.

Veja um breve resumo do que foi a Revolução Industrial:

Quais as suas causas?

A 1ª Revolução Industrial resultou de várias transformações. Especificamente na Inglaterra, havia um excedente de mão de obra disponível, reflexo de um processo anterior de êxodo rural. Ainda, a frota naval britânica realizava transações comerciais com diversas regiões do globo, o que significava um enorme mercado consumidor, e também acúmulo de capital para a burguesia, que viabilizou o investimento nas fábricas.

De um modo mais amplo, o fenômeno do Iluminismo foi vital. Ele permitiu o triunfo dos princípios da razão e da crença nos avanços da ciência, em oposição a ideia de fé e religião até então predominantes (que inclusive levaram à perseguição de cientistas que pensavam diferente da Igreja).

Dentre muitas causas podemos citar:

  • A taxa de mortalidade geral abaixa por conta da maior comercialização de alimentos;
  • Redução da mão de obra devido ao crescente uso de máquinas;
  • Desenvolvimento da indústria metalúrgica e siderúrgica;
  • Inovações técnicas;
  • Obtêm-se matérias primas abundantes e baratas;
  • Introdução do cultivo do algodão, pois os ingleses compravam algodão que depois transformavam em produtos têxteis que rendiam a América do Sul, Ásia e resto da Europa.

Veja abaixo uma boa aula sobre a Revolução Industrial feito por uma estudante de história:

Quais as consequências?

A Revolução Industrial afetou todo o modo de vida da sociedade, mas entre as principais consequências estão o progresso científico-tecnológico, o surgimento dos sindicatos de trabalhadores, a intensificação do êxodo rural, o início da ideia de poluição ambiental (por causa da fumaça da queima do carvão), o desenvolvimento de modais de transporte, a melhoria das máquinas e o desenvolvimento do liberalismo econômico e da teoria marxista.

Neste longo percurso de várias descobertas e invenções acabou distanciando os países no quesito poder econômico e político, nem todos os países se industrializaram, permanecendo alguns na condição de fornecedores de matérias primas e produtos agrícolas para os industrializados.

Quais foram as fases?

A 1ª Revolução Industrial pode ser dividida em basicamente três fases. A primeira vai da segunda metade do século XVIII até a primeira metade do século XIX, e é marcada pela industrialização da Inglaterra, com posterior disseminação por outros países da Europa, como Alemanha, França, Rússia e Itália. Neste período, as máquinas são movidas principalmente a vapor gerado pela queima do carvão. Surgem as ferrovias e os navios movidos a vapor, e a industrial têxtil é protagonista.

A 2ª Revolução Industrial tem início nas últimas décadas do século XIX. Ela é liderada pelos Estados Unidos e representa a descoberta da energia elétrica e o uso de derivados do petróleo. Emergem as indústrias química, siderúrgica, motor a explosão e as linhas de produção de automóveis (fordismo).

A 3ª Revolução Industrial é também chamada de Revolução Tecnocientífica. Datada da segunda metade do século XX, envolve as tecnologias de ponta, como computadores, fax, celulares e robôs, e a ascensão de ramos como a biotecnologia, a robótica e a engenharia genética. É o início do processo que chamamos de globalização.

Quando iniciou a Revolução Industrial?

Provavelmente o primeiro momento da revolução industrial foi a invenção da máquina de fiar que ocorreu no norte da Inglaterra em 1768. Inventada por Richard Arkwright e James Hargreaves, ela tinha como objetivo esticar e fiar o algodão perfeitamente. Com a sua invenção, a máquina de fiar passou a transformar algodão cru em fio de uma maneira muito mais eficiente do que feito a mão.

Richard Arkwright tornou-se o primeiro magnata da indústria no mundo e a partir dai cria-se um novo local de trabalho: a fábrica. Nos anos seguintes a produção de algodão na Inglaterra passa de 103 mil quilos tecidos a mão para 3,2 milhões tecidos pela máquina.

A industrialização brasileira foi tardia, basicamente após 1930, durante o governo de Getúlio Vargas. Nesta década é que o país começou a migrar de um modelo agrário-exportador para um modelo de industrial, com prioridade para o desenvolvimento de uma indústria nacional.

Que outra invenção foi tão importante e que marcou a revolução das máquinas?

O motor a vapor é sem dúvida outro ponto fundamental, pois ele marca a revolução dos transportes com o surgimento da ferrovia. Lembrando que o combustível que ele usava era o carvão mineral que é usado até hoje em muitos países para a geração de energia e que causa tanta polêmica por seu alto teor de poluentes.

Uma curiosidade: Relatos dos primeiros viajantes no trem a vapor era de incompreensão dada a alta velocidade e perguntavam se o corpo humano poderia suportar aquilo. Só para completar a curiosidade, a velocidade era de 32 km/h.


 
 

Veja também

 


© 2017   |   FAQ: Perguntas e Respostas Frequentes