Inglês: Frequently Asked Questions

Português: Perguntas mais Frequentes

 


O que são Normas ABNT. Regras e formatação

Perguntas e respostas sobre Normas ABNT. Quando as normas são necessárias? Para que as normas servem? Como funcionam as regras da ABNT? Entre outras perguntas.

Página Inicial / Educação Superior & EAD

O que são as normas da ABNT?

As normas da ABNT são elaboradas com o objetivo de fornecer regras, diretrizes ou características para atividades ou resultados, podendo ser um produto, método construtivo, atividades, trabalhos, etc.

Com essas regras, há uma padronização e com isso evita-se problemas para o produto, processo, projeto, sistema, bem ou pessoa possam ter. Logo, a finalidade maior das normas é a segurança.

As normas são estabelecidas por um consenso e são aprovadas por algum organismo reconhecido na área de atuação em questão.

Quando as normas são necessárias?

As normas são necessárias para estabelecer soluções ou evitar problemas em assuntos ou atividades de caráter repetitivo. Neste caso, as normas ajudam na instrução e na autodisciplina dos agentes de mercado, principalmente em casos onde não haja uma regulamentação específica pela legislação.

Alguns exemplos de aplicação das normas:

  • A padronização de peças mecânicas como roscas e parafusos para a montagem e reparo ou manutenção de cadeiras, bicicletas, carros, aeronaves.
  • Dimensões padronizadas de contêineres de carga, para facilitar o comércio internacional.
  • Normalização de telefones e de cartões bancários.
  • Normalização de dimensões para produtos e projetos que se destinem à qualidade de vida de pessoas com deficiência. Por exemplo: produtos de consumo, transportes e edifícios públicos, cadeiras de rodas, etc.
  • Padronização de normas de segurança para máquinas, a fim de proteger as pessoas no trabalho, no lazer, e até mesmo no dentista.
  • Formalização do acordo internacional contendo normas técnicas sobre grandezas e unidades métricas, entre outros.

Quais os benefícios das Normas da ABNT?

Dentre os benefícios já citados acima, a aplicação das normas da ABNT apresentam outros diversos benefícios. Contribuem para a fabricação de produtos mais seguros, facilitam o comércio nacional e internacional, protegem consumidores e usuários de produtos e serviços, fornecem parâmetros para uma base técnica nas diversas áreas (saúde, segurança, ambiental, etc.), facilitam a vida trazendo soluções para problemas comuns, entre outras vantagens.

As normas da ABNT têm uma abrangência muito grande. Se aplicam a empresas, aos clientes, aos funcionários, aos acadêmicos, ao governo, ao comércio internacional, ao meio ambiente e às pessoas de modo geral.

No caso das empresas, as normas facilitam os fornecedores de bens e serviços a oferecer seus produtos de forma padronizada, tendo aceitação em todos os setores. As empresas que adotam normas internacionais, por exemplo, possuem uma melhor competitividade no mercado ao redor do mundo. Para os inovadores, as normas aceleram as inovações e oferece respaldo para a compatibilidade e segurança.

Os clientes são beneficiados pelas normas quando adquirem um produto ou serviço mais seguro e quando têm amplas oportunidades de ofertas por diversos fornecedores.

Os governos se beneficiam das normas quando estas trazem parâmetros em bases tecnológicas que abrangem áreas da segurança, saúde, ambiental e até mesmo na legislação.

O comércio internacional se beneficia das normas internacionais quando estabelecem uma igualdade e um padrão para todos os comerciantes, fabricantes e fornecedores deste mercado.

Os consumidores se beneficiam das normas quando adquirem produtos que tenham a garantia de qualidade e segurança.

O meio ambiente se beneficia das normas aplicadas que exigem a qualidade do ar, da água, dos solos, e do ambiente em geral.

Normas da ABNT em Trabalhos Acadêmicos

A maioria dos estudantes tem seu primeiro contato com as normas da ABNT nas universidades e faculdades para a realização dos trabalhos acadêmicos como pesquisas, monografias, tcc, etc. Certamente essas regras estão entre os principais alvos de reclamação por parte dos estudantes – especialmente entre os universitários que estão se dedicando ao Trabalho de Conclusão de Curso e monografia.

No meio acadêmico, as normas da ABNT são essenciais para a uniformização de um trabalho acadêmico, sendo ele também um grande responsável por tornar esse projeto cientificamente importante e com credibilidade. As normas da ABNT são regulamentadas no Brasil por meio da Associação Brasileira de Normas Técnicas, porém, elas são utilizadas internacionalmente.

Sua função é fazer com que a apresentação de trabalhos acadêmicos e científicos tenha um padrão, facilitando ainda a identificação e entendimento dos pesquisadores em todo o mundo. Além disso, as normas também dão maior credibilidade ao conteúdo, já que indica maior confiabilidade, nível de qualidade superior, originalidade e segurança nas pesquisas científicas.

Estrutura do TCC ou Monografia:

É preciso adequar três aspectos do seu trabalho científico com base nas normas: os elementos pré-textuais, os elementos textuais e os pós-textuais. No que se refere aos pré-textuais, existem regras envolvendo a capa, folha de rosto, dedicatória, resumo, listas e sumário. As regras aplicadas aos elementos textuais são as que envolvem todo o corpo do trabalho, como introdução, desenvolvimento e conclusão. Por fim, os elementos pós-textuais são aqueles do final, compostos por bibliografia, apêndice e anexo.

  • Capa: nome da instituição, curso, autor, título do trabalho, cidade e ano.
  • Folha de rosto: nome do autor, título, cidade e ano e uma breve nota descritiva, que deve conter o objetivo do trabalho e o nome do orientador.
  • Dedicatória/agradecimentos: espaço para o autor dedicar o seu trabalho ou agradecer.
  • Resumo: deve ter de 150 a 250 palavras, que sintetiza em um único parágrafo as ideias do trabalho.
  • Sumário: Apresenta os números das páginas e as respectivas seções do trabalho. O alinhamento é à esquerda, sem recuo.
  • Introdução: deve conter uma prévia do tema apresentado no trabalho, além da justificativa e do objetivo do TCC.
  • Desenvolvimento: nesta seção, o trabalho deve ser apresentado de forma completa e detalhada.
  • Conclusão: nesta seção, o autor conclui seu trabalho, apresentando os resultados adquiridos.
  • Bibliografia: aqui o autor mostra de outra retirou as informações para o seu trabalho. Cada tipo de bibliografia tem uma forma própria de ser relatada. As fontes podem ser retiradas de um livro, site, periódico, tabelas, etc.

Certamente, um dos fatores que mais complica a aplicação das normas da ABNT nos projetos científicos e trabalhos acadêmicos consiste na própria formatação do mesmo. O melhor é dar início à mesma logo no início do trabalho, para facilitar. A formatação consiste em cuidados com o formato da página, numeração das mesmas, margens, fonte do texto, título e outros.

Outro fator a ser levado em consideração são as citações, que podem ser diretas ou indiretas. As referências também exigem uma série de cuidados por parte do aluno ou pesquisador. Todo cuidado deve ser tomado para que o trabalho não contenha fontes não citadas, e seja considerado plágio.


 
 

Veja também

 


© 2017   |   FAQ: Perguntas e Respostas Frequentes